terça-feira, 20 de julho de 2010

Massagem é eficaz contra Dor de Cabeça

Oi amigos
Achei este artigo tudo de bom. Com dicas super importantes e bem objetivas. Imaginem que uma massagem pode fazer o efeito de um analgésico por até 24 horas, com a vantagem de não ter nenhum efeito colateral, além de abortar a dor e não causar efeito rebote. Que maravilha para nós, não? Sucesso! Amália

Fonte: Folha de São Paulo - Autor: Iara Biderman - JUL/2010


Diminuir tensão muscular pode melhor sintomas por até 24 horas e é alternativa a analgésico, dizem médicos.
Pesquisa mostra efeitos de manipulações na região do pescoço e do crânio em pessoas com cefaléia "tensional".
Uma sessão de 30 minutos de massagem pode ter o mesmo efeito de analgésicos na melhora da dor de cabeça. Sem as desvantagens do remédio, que, usado com frequência, piora o quadro e torna o problema crônico.

A eficácia da massagem na cabeça e no pescoço foi demonstrada em um estudo controlado feito na Universidade de Granada (Espanha).

Na pesquisa, os participantes com crise de dor de cabeça do tipo tensional tratados com massagem tiveram melhora da dor, menor nervosismo e ansiedade e maior estabilidade da frequência cardíaca. Os efeitos se prolongaram por 24 horas.

"Já havia estudos mostrando benefícios da massagem na prevenção da dor. Esse é o primeiro que mostra efeito na crise", diz Mario Peres, neurologista do hospital Albert Einstein.

Para Peres, os resultados da pesquisa são bastante interessantes porque ajudam no processo de retirada de analgésicos, usados pela maioria dos pacientes com dor de cabeça crônica.

Segundo Deusvenir de Souza Carvalho, coordenador do ambulatório de cefaleia da Unifesp, pesquisas nacionais mostram que pelo menos 12% dos brasileiros sofrem de dor de cabeça do tipo tensional.

Diferentemente da enxaqueca, esse tipo de cefaleia não provoca náusea, vômito e sensibilidade à luz. A dor se distribui igualmente pela cabeça e se caracteriza por uma sensação de peso ou de algo apertando o crânio.

A pesquisa prova o efeito da massagem feita por especialista apenas para esse tipo de dor de cabeça. Para os médicos, os resultados não se aplicam à automassagem.

VICIADOS EM REMÉDIOS
"O trabalho é importante, porque a maioria dos pacientes com o tipo tensional de dor só procura o médico quando já está viciada em remédios", diz o neurologista Carlos Eduardo Altieri, do hospital Sírio-Libanês.

Para ele, uma das causas da cronificação da dor é o fato de as pessoas confiarem demais nos analgésicos e não aderirem aos tratamentos físicos, como massagem, fisioterapia e acupuntura.
"O remédio tem, no começo, efeito imediato, e as pessoas confiam nisso. Essa pesquisa prova que a massagem também "aborta" a dor, sem a desvantagem do rebote "[volta da dor depois que passa efeito da droga]", diz Altieri.

Nenhum comentário:

Postar um comentário