terça-feira, 20 de julho de 2010

Osteopatia nas Dores de Cabeça

Oi amigos, eu ainda não fiz uso da Osteopatia, mas tenho lido muitos artigos focando os benefícios da Osteopatia nas Dores de Cabeça Tensionais. Assim que tiver algum êxito com essa técnica, estarei compartilhando com vocês. Sucesso! Amália  

Fonte: Site do Osteopata Dr. Mauro Gemelli - MAR/2010

Muitas pessoas acham que têm enxaqueca e na verdade apresentam DOR DE CABEÇA apenas. Muitas pessoas têm dores de cabeça tensionais, mais frequentemente.
Uma dor de cabeça pode ser causada por irradiação de dor de músculos do pescoço. Essa irradiação é a mesma que o coração faz para o braço esquerdo quando está tendo um infarto, que serve pra avisar que algum problema está acontecendo.

São problemas que podem gerar dor de cabeça frequentemente:Tensões musculares subnucais, diminuições de movimento de articulações cervicais, distúrbios da ATM (articulações têmporo-mandibulares), distúrbios genito-urinários (útero) e pelve e até mesmo disfunções de fígado, por exemplo. Essas disfunções musculo-articulares podem gerar dores irradiadas, tensões sobre circuação cerebral, e gerar crises de dor frequentes (enxaqueca).
Muitos músculos no nosso corpo fazem essa irradiação de dor quando estão sobre sofrimento (deficiência na circulação, assim como com o coração). Essa dor, na cabeça, pode ser irradiada para o fundo dos olhos e região supraorbital, topo da cabeça, nuca e têmporas, por exemplo.
Tratamento medicamentoso: na sua maioria visam melhorar a circulação intra-craniana. Outros bloqueiam transmissão de impulsos dolorosos (o que pode gerar efeitos colaterais, como sono).
A Osteopatia é o tratamento que considera todos os fatores mecânicos da dor de cabeça. Trata-os (CAUSA) e elimina-se a consequência, que é a dor de cabeça. Cessam-se as crises, necessidade de uso de medicações e as consequências de uso crônico de medicamentos.

4 comentários:

  1. Olá Amélia.
    Gostei muito da sua iniciativa. Muitas pessoas me procuram aqui em Curitiba com um certo grau de desespero, pois ouvem de alguns profissionais que elas terão que conviver com a dor de cabeça delas já que esta não possui (PARA ESTES PROFISSIONAIS) uma causa aparente.
    Mas logicamente existem outros profissionais, e esses OUTROS pensam diferente (e aqui eu me enquadro).
    Montei meu Blog para dar essa SEGUNDA opinião (ou décima) sobre essas dores que não TINHAM razão de ser, e que muitas vezes podem perfeitamente ser EXPLICADAS e TRATADAS com este método de tratamento fisioterapêutico, a OSTEOPATIA.
    A osteopatia tem ajudado muitas pessoas com dores crônicas, e aproveito para te convidar a conhecer.
    Obrigado pelo comentário, e fico feliz de poder colaborar com o seu blog também.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi Dr. Mauro
    Obrigada pelo retorno.
    Como pôde ver, só nos últimos 2 anos que consegui resolver parte dos meus problemas de dor crônica. Há um bom caminho ainda a ser percorrido totalmente diferente da onde eu estava procurando socorro. Depois que achei o diagnóstico correto, minha qualidade de vida mudou. Devo grande parte disso, a minha dentista especializada em DTM e Dor Orofacial.
    E nunca vou cansar de repetir para as pessoas, não importa o que você tenha, se a dor existe ela tem que ser tratada e resolvida.Ninguém merece sentir dor.
    No meu caso, eu não resolvi a causa do problema através da Alopatia, olha que tentei tudo. Meu pai era médico e eu não acreditava em outra coisa a não ser a medicina tradicional. Graças à Deus, hoje em dia, consigo ver muito mais além daquilo que estava diante de mim. E acredito que atualmente a fisioterapia está em alta, mesmo porque com a internet e a informatização as pessoas tendem a ter péssimos hábitos posturais. Felizes os que buscam resolver seus problemas de dor fazendo prevenção, juntamente com fisioterapias e/ou outras terapias, buscando o equilíbrio do organismo como um todo, sem a busca de paliativos com remédios.
    Qualquer hora vou conhecer sua Clínica, por hora já estou indo numa Clínica de Fisioterapia, com foco na dor, com excelentes resultados, principalmente na DTM.
    Mas gostei muito de seu site e estarei colocando entre meus favoritos.
    Sucesso
    Abraços
    Amália

    ResponderExcluir
  3. Olááá!
    Ouvi falar nesse final de semana sobre o tal tratamento e vou correr atrás...Sofro há anos de enxaqueca..sem diagnóstico..ja tentei de tudo..tratamento medicamentoso..homeopático e acupuntura..mas até agora nada!
    Estou com fé que agora vai dar tudo certo, pois nós que sofremos (ou sofriamos ) desse mal..temos uma qualidade de vida muito baixa..

    beijos sam

    ResponderExcluir
  4. Durante mais de 10 anos da minha vida tive dores muito fortes de cabeça, fazendo com que eu perdesse completamente o ânimo em viver. Consultei inúmeros neurologistas, gastroenterologistas, otorrinos, TUDO que vocês imaginarem, cheguei ao ponto de tomar 3 remédios tarja preta concomitantemente e a dor sempre lá e sempre sem um diagnóstico conclusivo.
    Até o momento em que fiz uma consulta com um osteopata e em 15 minutos de sessão tive um alívio da dor que nem 10 anos de remédios potentes me proporcionaram. O tratamento com a osteopatia é fantástico, o que mais me deixa indignado é que nenhum médico nunca me informou sobre essa possibilidade de tratamento. Estou há 5 anos sem tomar remédios e sem nenhuma dor, graças à osteopatia.

    ResponderExcluir