domingo, 11 de julho de 2010

Tratamento da Enxaqueca - Prevenção a melhor Opção

Estou postando esse artigo porque acho que a PREVENÇÃO é o principal tratamento para a enxaqueca. Tanto o cuidado com a Alimentação e o Estilo de Vida em geral, quanto o fato de usar algum remédio para prevenção. Pois se entupir com remédios na hora da crise,
só fará mal e não resolverá o problema da enxaqueca, pelo contrário terá efeito rebote. Portanto conversem com os seus médicos e esclareçam bem sobre esse assunto. Boa sorte!
    
Fonte: site do neurologista Dr. Mario Peres - April 20th, 2009
O tratamento da enxaqueca pode ser com remédio ou sem remédio, pode ser um tratamento preventivo, para evitar que venham as crises de enxaqueca, que é o principal conceito no tratamento da enxaqueca, ou pode ser também um tratamento agudo, com medidas que aliviam as dores de cabeça fortes ou fracas na hora em que elas aparecem.
O tratamento da enxaqueca tem então um diagrama como vemos abaixo:
TRATAMENTO PREVENTIVO MEDICAMENTOSO
TRATAMENTO AGUDO MEDICAMENTOSO
TRATAMENTO PREVENTIVO NÃO MEDICAMENTOSO
TRATAMENTO AGUDO NÃO MEDICAMENTOSO
Leia mais sobre tratamento da enxaqueca em http://cefaleias.com.br/tratamentos 
Muitas novidades existem no tratamento da enxaqueca e no tratamento de dores de cabeça como a cefaleia tensional, cefaleia em salvas. No último Congresso Internacional de Cefaleias algumas formas de tratamento para enxaqueca foram debatidas como o Botox (toxina botulínica) que se mostrou eficaz no tratamento da enxaqueca crônica.
Medicamentos utilizados para a prevenção da enxaqueca são os :
1. neuromoduladores (chamados antigamente de antiepilépiticos, anticonvulsivantes), como o topiramato (amato, toptil,topamax), o divalproato (depakote), gabapentina (neurontin), pregabalina (lyrica)
2. Antidepressivos como os inibidores de recaptação de serotonina, ex paroxetina (aropax, cebrilin), citalopram (citta, paxil), escitalopram (lexapro, exodus), a sertralina (zoloft, serenata) e a fluoxetina (proza, fluxene, daforin) são neutros para a prevenção da enxaqueca mas podem ajudar a ansiedade e depressão associadas. Outros antidepressivos da classe dos tricíclicos como a amitriptilina, nortriptilina, clomipramina, imipramina podem ser usados. Os inibidores de recaptação mista são úteis como a venlafaxina (efexor, venlift, venlaxina), desvenlafaxina (pristiq), duloxetina (cymbalta), assim como a agomelatina (valdoxan) que é um novo antidepressivo com ação na melatonina.

3. Betabloqueadores como o propranolol (inderal), atenolol (atenol), metoprolol (selozok) são usados, assimo como outros medicamentos para a pressão arterial como o telmisartan (micardis) e o candesartan (atacand). Bloqueadores do canal de calcio como a flunarizina (vertix, sibelium) são úteis mas geram aumento de peso e depressão.

4. Outras categorias como vitaminas(riboflavina), magnésio, coenzima q 10, melatonina e fitoterápicos (petasites hibridus, tanacetum parthenium) e a toxina botulínica tipo A (botox) podem ser prescritos.

18 comentários:

  1. ...ENXAQUECA * CEFALÉA * DOR DE CABEÇA
    Sou terapeuta em REFLEXOLOGIA,
    pelo IOR, 73 anos de idade com 40 anos dedicados ao estudo e pesquisa do comportamento humano. Tenho atendido vários portadores de ENXAQUECA, (DÔRES DE CABEÇA MUITO INTENSA).
    Recebendo as técnicas da REFLEXOLOGIA, o Paciente consegue obter ótimos resultados; que proporcionarão assim uma excelente melhora em sua qualidade de vida.
    A REFLEXOLOGIA consiste em ativar pontos específicos nos pés, desbloqueando canais
    de comunicação com o cérebro, para que este
    possa agir, corrigindo assim o problema.
    Não tem contra indicação para estes
    casos e não usa medicamentos
    Visite meu Site: www.djalma.com.br
    São Paulo SP ( Metrô Santana) BRASIL. :.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Sr. Djalma pelo seu excelente trabalho.
    Gostei muito de conhecer um pouquinho mais sobre Reflexologia, no vídeo feito em seu consultório. Acredito, como o Sr. falou que parte da cura está em nós mesmos, portanto sempre digo aos leitores do meu Blog, olhem para dentro de vocês e busquem uma saída, porque são vocês os mais interessados em resolver seus problemas. Vou tentar fazer algumas sessões de Reflexologia aqui onde moro, e assim que tiver resultados positivos estarei postando alguma informações. Parabéns também pelo seu trabalho voluntário. Belo gesto e belo exemplo.Continue fazendo a sua bela missão e servindo de exemplo a tantas pessoas.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde,
    Tenho dores de cabeça constantemente, começei tratamento com neurologista aos 14 anos. Próximo aos 26 anos parei de tomar remedios pois estavam mexendo muito com o meu emocional. Fiz algumas sessões de aculpuntura e percebi uma leve melhora. Os sintomas da minha dor de cabeça de alguns anos pra cá vem sendo diferenente dos meus 14 anos. E pra piorar tenho dor de cabeça quase todos os dias, isso tira o meu humor e a minha vontade de sorrir. Não aguento mais ter dor de cabeça. Comecei hoje um tratamento com outro neurologista e ele me receitou "Daforin", agora nao sei se isso vai fazer efeito.
    Pelo que vejo nas materiais de medicinas alternativas, acredito que elas sim podem resoler a preven~ção contra esta dor.
    Nenhum medico diz o que eu tenho realmente, dizem que é emocional. Mas nao quero sentir mais isso.
    Flávia Oliveira

    ResponderExcluir
  4. Flávia
    Eu cheguei a essa conclusão faz tempo. Prevenir ainda é o melhor remédio! Leia o livro do Dr. Alexandre Feldman, eu falo sobre ele, na minha última postagem sobre enxaqueca e tente seguir algumas mudanças de estilo de vida. Sei que não é fácil, mas o resultado é bom. É uma somatória de coisas que você precisa descobrir em você. O que faz desencadear o gatilho da dor e mudar um pouco sua rotina, com exercícios físicos, sono reparador, alimentação específica para quem tem enxaqueca etc... Muitas vezes é necessário um remedinho até mesmo para prevenção. Mas não acredite quando o médico diz que é emocional, pode ser que insconscientemente você dispare o gatilho da dor, mas para que isso aconteça você precisa estar muita ansiosa, nesse caso talvez precisa também de um ansiolítico. O que eu quero dizer é que quanto menos remédio melhor, seu corpo agradece!!! E às vezes, tem remédios que não são específicos para dor como no caso dos anticonvulsivantes ou anti-depressivos e mdoses baixas, mas que oferecem bons resultados. Converse sempre com seu médico. Se não deu certo com esse, vá em outro. Não fique aguentando dor, nem sofrendo à toa. Procure quem sabe, também um dentista especializado em dor Orofacial e DTM. Tem casos que eles obtem resultados positivos. E além de tudo isso se puder fazer psicoterapia, lhe ajudará bastante, pois mantém nosso emocional em equilíbrio, frente as dores. Não desanime, se o médico lhe deu um remédio, tome e acredite que você vai melhorar. Tenha fé e esperança!
    Meus desejos de melhoras e fique com Deus.
    Espero que esse Blog tenha lhe ajudado um pouco.
    Amália

    ResponderExcluir
  5. comecei a ter dores no nariz e na testa no início achei que fosse sinusite, só depois de ter ido em um especialista que obtive o resultado que era enxaqueca. Umas das causas principais da enxaqueca minha é tencional devido ao trabalho. Como na genética temos probabilidade de desenvolver alguma doença onde somos mais sensível desenvolvi esta, hoje estou fazendo tratamento com topiramato e exodus (efeito colateral mto ruim no inicio). Mas a causa principal da enxaqueca na minha opinião e no meu caso é o trabalho!!!

    ResponderExcluir
  6. Nossa! Tenho dor de cabeça todos os dias. Já faço tratamento com antidepressivos, e por último o médico que cuida de mim passou a Gabapentina. Como não faz um mes de tratamento ainda não sei se o resultado será satisfatório.


    Ivone

    ResponderExcluir
  7. Oi Ivone
    Prazer em tê-la no meu blog.Espero que as informações nele contidas, possa ter lhe ajudado ao menos um pouquinho. Me avise se esse novo remédio que você começou tomar será bom para você. Quem sabe você não ajuda outras pessoas com sua experiência. Eu lhe desejo melhoras e melhoras sempre. Conviver com dor é sempre muito penoso. Fique bem e obrigada por visitar o blog. Amália

    ResponderExcluir
  8. Olá Amália! Adorei seu blog, muito interessante e informativo! Eu estava fazendo uma pesquisa sobre o toptil, que o neurologista me receitou em abril do ano passado, tomei até julho, depois parei de tomar e voltei faz 1 mês, e meu diagnostico foi de enxaqueca, mas não vejo luzes nem sou sensível a luz, tenho dores sempre que saio da minha rotina normal, questões emocionais, tpm, e ingestão de bebidas alcoólicas. Eu saio e bebo socialmente praticamente 1 vez por semana e tenho percebido que quando voltei a tomar o remédio, no dia posterior ao que bebi, fico muito mal, como se tivesse bebido muito, muita ressaca e vejo que não é normal. Acho que é o remédio, mas o neuro me falou que poderia beber socialemente sem problemas que o remédio não interfere....vc já ouviu algum caso parecido com o meu? O que eu faço?
    Att,
    Livia.

    ResponderExcluir
  9. Olá Lívia
    Fico feliz que tenha gostado do meu blog, ele foi criado exatamente com essa finalidade: ser informativo. Não sou médica, portanto tudo que conheço são experiências que aconteceram comigo e sobre o que leio e compartilho. Nem todas as enxaquecas vem precedidas de fenômenos visuais, mas não deixam de serem enxaquecas também. Seu médico lhe deu um remédio para prevenção de enxaqueca e ele é a melhor pessoa para instruí-la. Se você não se sente bem tomando o remédio e bebendo, mesmo que socialmente, você deve repensar no seu caso, ou toma o remédio e não bebe ou não toma o remédio e bebe socialmente. Geralmente esses remédios são contra-indicados quando se toma algum bebida alcoólica. Todos esses remédios tem algum efeito colateral e muitas interações medicamentosas. Então você deve além de ler a bula,verificar os efeitos em seu próprio organismo. E como cada organismo reage de uma forma diferente, você deve se observar e juntamente com o médico verificar se deverá continuar com a medicação ou não.
    Desejo sucesso em seu tratamento. Fique bem!!! abs Amália

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Ola Amália.
    Me chamo Eduardo, tenho sofrido muito com fortes dores de cabeça q me impedem praticamente de tudo em minha vida, o neurologista me disse q tenho encaqueca mas tbem não me receitou nenhum medicamento, na sua opinião qual seria a melhor saída?
    E no caso eu posso pedi - lo para me passar o medicamento para prevenção.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  12. Ola Amália.
    Me chamo Eduardo, tenho sofrido muito com fortes dores de cabeça q me impedem praticamente de tudo em minha vida, o neurologista me disse q tenho encaqueca mas tbem não me receitou nenhum medicamento, na sua opinião qual seria a melhor saída?
    E no caso eu posso pedi - lo para me passar o medicamento para prevenção.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  13. Olá. Sempre tive enxaqueca no período menstrual. Mas, de um ano pra cá elas estão muito fortes e duradouras. A última crise foi semana passada, nem medicação intravenosa resolveu. Faço yoga, acupuntura e iniciei um tratamento com Vertix indicado por um neurologista.
    Sinceramente não gostaria de usar medicação diária, mas depois dessa última crise decidi que preciso resolver essa situação.
    Alguém já usou esse medicamento? Como foi o resultado?

    ResponderExcluir
  14. Oi me chamo Silene sofro 4 meses de dor latejante o medico disse q tenho enxaqueca mas é todo dia agora fui ao dentista e comecei tomar vitamina q10 será que posso tomar essa vitamina pois não quero tomar remédio controlado.

    ResponderExcluir
  15. Oi me chamo Silene sofro 4 meses de dor latejante o medico disse q tenho enxaqueca mas é todo dia agora fui ao dentista e comecei tomar vitamina q10 será que posso tomar essa vitamina pois não quero tomar remédio controlado.

    ResponderExcluir
  16. O que me salvou foi Naratriptana

    ResponderExcluir
  17. A maioria das pessoas não consegue nem diferenciar dor de cabeça de enxaqueca. Informar faz parte do processo de ajudar as pessoas. Fazemos o mesmo em meu site, e colocamos a informação à disposição de quem quiser.

    ResponderExcluir